Início Destaque André Almeida mostra a Coentrão o que é ser do Benfica

André Almeida mostra a Coentrão o que é ser do Benfica

2024
COMPARTILHE

Não foi uma noite nada fácil para Fábio Coentrão e para o Sporting no Estádio da Luz, não só pela qualidade de jogo apresentada pelo Benfica mas pela pressão que o público fez sobre a equipa adversária!

Loading...

O defesa-esquerdo português esteve muito em jogo, seja a parar os ataques de Salvio e André Almeida, seja a subir ao ataque para servir os seus avançados. Fez muitas faltas e envolveu-se em várias picardias com os adversários, valendo-lhe muitos assobios vindos das bancadas da Luz.

Esta foi a primeira vez que Fábio Coentrão visitou o Estádio da Luz com a camisola do Sporting, clube do seu coração, depois da há uns anos atrás ter jurado amor eterno ao Benfica e de dizer que em Portugal só jogaria no clube encarnado. Coentrão esteve envolvido no primeiro golo do Sporting, ao realizar a assistência para o tento de Gelson Martins, e esteve num dos lances mais polémicos da partida, não se sabendo se cortou ou não a bola com a mão dentro da área.

Tudo aconteceu durante o minuto 6 do dérbi entre Benfica e Sporting, André Almeida e Fábio Coentrão disputaram um lance na área dos leões que acabou com o antigo jogador dos encarnados no chão e André Almeida e bater com a mão… na águia da camisola. Nem os jogadores do Benfica perdoam a atitude dos ex-jogador encarnado, que afirmou estar a representar ‘o clube do seu coração’ e que ‘é do Sporting desde pequenino’.

Os jogadores do Benfica tentaram destabilizar o internacional português, que foi um dos jogadores com mais trabalho do sector defensivo dos leões.

Quanto ao jogo, acabou empatado a um golos, com os tentos a serem apontados por Gelson Martins, na primeira parte, e por Jonas, de grande penalidade à beira do fim. As duas equipas deixaram fugir o FC Porto, que lidera com mais dois pontos que o Sporting e mais cinco pontos que o Benfica.

Loading...
COMPARTILHE