Início Destaque ÚLTIMA HORA: Ricardinho!

ÚLTIMA HORA: Ricardinho!

74
COMPARTILHE

Ricardinho não esquece o Benfica. Ricardinho foi o convidado de luxo da Eurosport espanhola e falou sobre vários assuntos relacionados com a sua carreira, não esquecendo
o seu amor pelo Benfica.  O internacional português falou do amor pelo clube do seu coração, de todas as emoções que viveu na Luz, de 2003 a 2010 e alguns meses
em 2012.

‘Sou doente pelo Benfica. Sei que nem todos vão gostar disto mas é o meu clube do coração e há que respeitar’, disse o jogador, que lembrou ainda o melhor momento que teve enquanto atleta dos encarnados. ‘Foi em 2010, quando ganhámos a UEFA Futsal Cup. Enfrentámos o Inter Movistar [clube que representa actualmente] que tinha uma grande equipa. Demos um murro na mesa, dissemos que queríamos ganhar e  conseguimos. Foi também uma despedida, já que, nessa altura, tinha tomado a decisão de deixar o clube. Tudo tem um ciclo mas o amor é para sempre’.

Falou ainda sobre a vontade de ser jogador de futebol de 11 – ‘Qualquer miúdo quer ser jogador de futebol. É o desporto que passa na televisão, os símbolos que se falam mais são os de futebol e eu não escapava a isso. Com seis anos, comecei a jogar mas aos 12 disseram-me que era muito pequeno e que não estava preparado para ser jogador de futebol. Eu não aceitava mas o futsal apareceu na minha vida e aqui estou eu’.

Considerado o melhor jogador de futsal do mundo por 4 vezes, disse que esteve para jogar no Benfica, durante a passagem de Fernando Santos, mas os planos acabaram por não se concretizar.

Com 28 titulos no seu palmarés, Ricardinho diz que só lhe falta um grande titulo com a selecção nacional e, um dia, gostaria de jogar ao lado de Ronaldinho Gaúcho, o melhor futebolista que já viu jogar.

Comentários

comentários

COMPARTILHE